Please assign a menu to the primary menu location under menu

Bem-EstarDestaque Home

15 regras de etiqueta para visitar um recém-nascido

IMG_2310

Recém-nascido – Uma visita que exige regras e muito bom senso

Quando um bebê chega ao mundo é natural que muita gente queira conhecê-lo. Afinal, foram meses de espera e a chegada de um novo bebê é um momento de muita alegria  e celebração pra todos.
Mas algumas recomendações são importantes para visitar um recém-nascido

 

1 – Pergunte à mãe se ela quer receber 

Esta é a primeira coisa a saber antes de tomar a decisão de visita.  O parto seja ele qual for, cesárea ou parto normal deixa a mamãe mais a fim de descansar ou, simplesmente a mamãe não quer receber ninguém durante este período de adaptação. Até porque o bebê ainda não tem horários definidos para dormir e você pode, por exemplo, tocar a campainha bem na hora da soneca, que também é um dos poucos momentos que a mãe tem para aproveitar e descansar. Portanto, procure saber com o esposo ou parente mais próximo se a visita esta liberada.

 

2 – No hospital ou na maternidade

Se a mãe não teve o parto realizado em casa, procure saber se ela quer receber visita no hospital, pela praticidade de poder contar com todo o suporte das enfermeiras para os cuidados com o bebê. Ou talvez ela queira que você aguarde mais uns dias e faça a visita em casa. Eu por exemplo, sempre preferi receber as visitas no hospital porque em casa exigia uma preparação maior para a recepção. Além disso, a casa da gente é um lugar muito íntimo, então nem todas as pessoas que podem te visitar no hospital você vai querer receber em casa, depende muito da relação que vocês tem com elas.

 

3 – Não visite o bebê no dia que ele nasceu

O parto é um momento que absorve muita energia da mulher, Se parto normal a mãe normalmente fica cansada ou sob efeito sedativo se foi submetida à cesárea. Apenas as pessoas mais íntimas da família devem estar perto da nova mamãe no primeiro dia

 

4 – Jamais faça visita doente

Resfriado, gripe, conjuntivite, enfim, qualquer outra doença infectocontagiosa, suspenda a visita. O bebê que acaba de chegar ao mundo ainda não tem o sistema imunológico completamente desenvolvido, inclusive, nem tomou todas as vacinas e esta ideia de “não vou chegar perto” não é suficiente.

 

5 – Faça uma visita curta 

A primeira visita tanto na maternidade como em casa deve ser limitada aos parentes próximos, como o pai, avós e irmãos, pois é um momento de recuperação da mãe e maior atenção à vida do bebê. As mamães tendem a aproveitar o sonos dos bebês para descansarem, então evite ficar muito tempo.

 

6 – Lembrancinhas

As lembrancinhas preparadas com tanto carinho são pensadas nas pessoas que vão visitar e normalmente contadas. Então nada de querer levar lembrancinhas extras. Se a mamãe quiser que leve para alguém ela vai te oferecer.

 

7 – Não pegue o bebê no colo se a mãe não te oferecer

Sabemos que os recém-nascidos são as coisas mais fofas da Terra – dá vontade de pegar e apertar no mesmo momento!  Entretanto, lembre-se que os pequenos entraram em contato com o mundo há poucos dias. Fora isso, algumas mães não se sentem confortáveis com o filho em outro colo. Por isso, espere o convite da mãe para poder pegar o neném

 

8 – A mãozinha é fofa, mas evite pegá-la

Parece frescura,  mas é uma questão de higiene e saúde. A quantidade de itens que nós adultos tocamos é gigantesca. É a chave de casa, o volante do carro, dinheiro enfim, tudo fonte de vírus e um risco enorme para os bebês. Embora a mãozinha de um bebê seja fofa, evite ficar pegando nela, já que muitas vezes ele a leva à boca.Deu vontade de pegar na criança? Escolha o pezinho, melhor lugar

 

9 – A hora da mamada é a hora de ir

Os primeiros dias de amamentação nem sempre são fáceis. Muitas mamães ficam tensas e até estressadas por inúmeros motivos que vão desde a dificuldades de amamentarem como até o constrangimento do ato em si. Então o ideal é que o visitante saia do quarto ou já encerre a visita neste momento, deixando a mãe mais a vontade.

 

10 – Cuidado com o que fala

Procure falar pouco, muita conversa pode estressar o recém nascido e a mamãe que esta cansada e super sensível. Não é o momento para ficar fazendo perguntas sobre o parto, sobre como está sendo a amamentação, peso do bebê. A não ser que a mãe toque no assunto!

 

11 – Evite levar crianças

As crianças adoram ver bebês mas nesta fase elas podem atrapalhar muito. Isso porque as crianças,  normalmente,  são muito inquietas e barulhentas. Querem pegar, beijar o bebes criando aquela sensação de desespero para a mamãe. Então se puder postergar esta visita da criança, faça. Certamente a visita será mais agradável futuramente quando o bebe estiver maior .

 

12 – Higiene e cheirinhos 

Procure não passar perfumes ou hidratantes na hora da visita pois isso pode enjoar a mamãe  O ideal é que antes de entrar no hospital ou maternidade, lave as mãos e, se tiver disponível, use álcool em gel.

Fique atento quanto aos cheiros de cigarro ou bebida.

 

13 – Fotos

Evite tirar fotos para não invadir a privacidade da família. Se realmente quer fotografar, colocar nas redes sociais, pergunte antes para a mãe se ela não se importa.  Fotos com flash então, nem pensar

 

14 – Bebê dormindo

Eu sei que a curiosidade de ver o bebê com os olhinhos aberto é enorme. Mas se o bebê estiver dormindo, não peça para acordá-lo. Também fale baixo quando visitar um recém nascido para não agitá-lo .

 

15 – Presentinhos

Quer levar um presentinho para o recém nascido? Absolutamente normal e muito bem vindo, a mamãe adora. Mas pense em coisas realmente úteis. Aquele roupa linda que você escolheu com tanto amor tamanho RN de verão para o bebê que nasceu no inverno certamente não será usada nunca. Bebês crescem muito rápido, a maioria já nasce não cabendo num tamanho RN, então fuja de roupas deste tamanho ou até mesmo P. Calcule também a estação do ano que o bebê usará o presente que você esta dando. Se não for roupa, você pode optar por fraldas, produtos de higiene que são os itens que o bebe mais consome.

Se quer comprar flores, verifique com pai se a mãe gosta de recebê-las ou se há alguma contraindicação médica na maternidade.

Leave a Comment