Decorar  pra algumas pessoas não é uma tarefa tão fácil, muita vezes falta um pouquinho de exercício de criatividade ou de encontrar um estilo, e vamos combinar que a dificuldade aumenta quando não temos espaços suficientes, ou não sabemos aproveitá-los da melhor maneira possível, ou seja decorar ambientes pequenos causa ainda mais dúvidas de como utilizar o espaço de uma maneira que fique aconchegante e bonito ao mesmo tempo. 

Há menos de 2 meses mudei de uma casa bem pequena e conheço bem essa realidade, tudo tinha que ser muito bem pensado e na medida, pois não tinha mais espaço pra colocar um alfinete, então posso te passar algumas diquinhas de quem já sentiu na pele a definição da palavra “aperto” haha. 

 

Quero dividir com vocês algumas dicas pra sua casa não cair nas armadilhas e ficar ainda mais pequena, se liga:

 

 

 

 

Armadilha 1 : Ambientes abarrotados de mobília.

Quem mora em poucos metros quadrados deve lembrar sempre: “menos é mais”. Desapegue de uma casa cheia de móveis, pois eles só deixarão o seu espaço mais limitado.

Pra evitar é só distribuir bem as peças, e certificar-se de deixar todas as passagens e janelas livres, assim criaremos a ilusão de um ambiente mais longo e espaçoso.

 

 

 

 

Armadilha 2: Móveis encostados na parede.

Ainda no quesito móveis, existe um erro bem comum que ninguém se importa na hora de decorar, mas que faz uma diferença considerável no resultado final: Sabe aquela impressão que seu comodo está no limite máximo de espaço e só cabe você? (Exagerei né? hahaha)

Mas então, os móveis grudados na parede dão essa impressão de capacidade máxima mesmo, mas se você seguir a dica acima de poucos móveis, não tem com o que se preocupar, é só desgrudá-los das extremidades por alguns centímetros e ganhar um pouco mais de profundidade no efeito.

 

 

 

 

Armadilha 3: Decoração combinada.

Um outro erro frequente de quem tá decorando e buscando um estilo próprio, é o de querer tudo combinando. Não que você também não vá pensar em combinações, mas uma coisa é você combinar cores e texturas, e outra é escolher tudo igual, deixando o ambiente homogêneo com aquela carinha sem graça e de que tudo é uma coisa só, sabe?

Uma forma de fugir disso é tentar combinações criativas usando uma paleta de cores, mesclar as texturas e materiais dos móveis.

Mas se você gosta de uma decoração mais equilibrada em um único tom ou estilo, procure seguir uma linha no mobiliário e outra nas paredes por exemplo. Com certeza isso fará uma grande diferença.

 

 

 

 

Armadilha 4: Paredes escuras.

Esse não é tão comum, mas existe. A escolha de tons escuros para grandes áreas (no caso, as paredes), faz com que a cor absorva a luz, deixando o ambiente ainda menor.

A solução é simples, basta optar por cores claras e suaves, pra trazer uma atmosfera mais ampla e arejada. Ahhh, mas se você não abre mão de um ar mais sofisticado dos tons escuros, use em apenas uma parede do mesmo ambiente, combinado?

 

 

 

Armadilha 5: Pouca iluminação.

Muitos ambientes tem apenas uma fonte de iluminação, muitas delas é bem central no comodo, o que também faz ele aparentar sem menor. Sempre disponha de mais de uma fonte de luz. Isso fará com que as paredes e o teto rebatam a iluminação e clareiem melhor a sua sala ou quarto. Aposte em luminárias e abajures, luz indireta causa sempre um efeito incrível e aconchegante. Se o seu espaço for realmente muito pequeno e não fique bacana o uso de vários pontos de luz, você também pode usar o velho truque do espelho, que também trazem a sensação de um espaço maior.

Agora que você já conhece as cinco armadilhas (e soluções) que fazem sua casa parecer menor, que tal saber 5 dicas de como aproveitar melhor os espaços? 

 

 

 

 

  • Remova e integre

Se for possível uma alternativa inteligente é fazer a remoção de algumas paredes e integrar cômodos. Daí você pode integrar a sala e  a cozinha, ou a sala com a varanda. 

 

Não adianta só ser lindo, tem que funcionar muito bem, né mesmo? Opte por móveis funcionais para criar ambiente mais dinâmicos! Existe no mercado mobiliários transformáveis que você pode adaptar para cada necessidade utilizando ele em várias configurações.

 

  • Organize na vertical

Já pensou como esse feito pode te ajudar a poupar os espaços? Use estantes, nichos e prateleiras pra colaborar com a circulação do seu espaço e ainda deixar tudo decoradinho.

 

  • Aproveite todos os cantos

Sabe aquele cantinho esquecido? Pois é vamos usá-lo numa melhor disposição dos móveis e transforma-lo em área útil.

 

Escolha peças dobráveis ou empilháveis para driblar a falta de espaço. Se sua sala é estreita, instale a tv na parede, assim você terá uma sala mais clean e vaga. Os conjuntos de sofás também devem ser revistos, pois além de ocupar muito espaço ainda deixa uma sala pequena com uma decor pesada. Pra resolver essa questão é só usar a combinação de sofá mais poltronas, banquetas ou puffs, que além de economizar espaços, deixarão uma composição mais suave.

 

 

Mora em uma casa ou apartamento pequeno?

Comenta ai embaixo como você faz por aí, iremos adorar saber!