Please assign a menu to the primary menu location under menu

Bem-EstarDestaque Home

Como fazer um bom planejamento pessoal?

como-fazer-um-planejamento-pessoal

O ano já está acabando e tem gente que já começa a pensar no que fazer em 2016. O problema é que muita gente nem ao menos se lembra daquelas promessas de início de ano. Escreveram num papelzinho e guardaram em algum lugar por aí, para nunca mais lembrar.

 

Fazer isso não é nada aconselhável. Isso porquê você acaba se frustrando quando lembra que já estamos no fim do ano e nada daquilo foi feito. Mas você precisa se perguntar: o quanto esses planos, sonhos ou promessas eram realmente executáveis? Vamos falar um pouco sobre planos realizáveis para 2016?

 

Roda da Vida

 

Existe um conceito chamado “Roda da Vida”, que te permite avaliar todas as esferas da sua vida, como se fosse um círculo. Estas esferas contemplam aspectos físicos, financeiros, espiritual, profissional, social, familiar, lazer e intelectual.

 

Dentro de cada uma dessas esferas você deve fazer algumas perguntinhas e responder com sinceridade. Depois, deve dar uma nota para cada esfera da sua vida. Isso faz você perceber quais lados estão sendo “esquecidos” por você e onde você precisa focar seus planos.

 

Conceito Roda da vida

Planejamento Pessoal - Roda da Vida

 

Como você pode ver na imagem acima, a roda da vida contempla os seguintes aspectos:

Físico

Familiar

Espiritual

Intelectual

Financeiro

Profissional

Lazer

Social

 

Existem algumas perguntas que você pode fazer que te ajudam a dar notas para cada esfera da sua vida com mais eficiência. Vamos à elas?

 

Profissional:

Seu trabalho e missão de vida caminham juntos? Você e seus colegas de trabalho convivem bem? Anda estressado? Você está desempenhando seu papel corretamente? Precisa se atualizar? Sua remuneração está de acordo com suas qualificações e atividades? 

Organizar a papelada

Físico:  

Como está a sua saúde? Você se sente bem? Dorme o suficiente (e bem?) Há algo que dói, que te faz mal? Você pratica algum exercício físico? Se alimenta corretamente?

 

Social:

Qual foi a última vez que você viu seus melhores amigos? Você participa de alguma atividade em comunidade, como ongs, eventos comunitários, trabalhos sociais? Gosta de ficar em grupo ou sozinho? 

 

Financeiro:

Como estão as suas contas? Consegue poupar? Tem algum tipo de investimento? Consome muito além do que recebe? 

 

Lazer:

Como estão as suas próximas férias? Tem alguma atividade que considera um hobby ? Você tem tempo pra você mesmo? 

feriado-em-casa

Familiar:

Qual é seu papel na sua família? Você convive bem com seus parentes mais próximos? Quanto você se dedica à seus pais, filhos, etc? Valoriza pequenos momentos em família no almoço, café da manhã ou fim de semana? 

 

Espiritual:

Como você lida com suas crenças e espiritualidade? Suas convicções são bem definidas? As inquietudes naturais da própria existência te assombram? 

 

Intelectual:

Você se mantém atualizado? Consegue aplicar seus estudos no dia a dia? Descobriu o que mais precisa aprender para desenvolver-se ainda mais? 

 

Bom, com essas perguntas você consegue refletir como está cada esfera da sua vida e colocar uma nota para cada uma delas. Você pode fazer algo de 0 a 10, sendo que zero significa que determinada esfera está totalmente esquecida e que 10 está relacionado à uma área que você se dedica integralmente.

 

Vale ressaltar que nenhuma das esferas deve estar 100% perfeita ou 100% esquecida. A ideia deste conceito é dividir os esforços e atenção para cada uma dessas esferas a ponto de haver uma harmonia em sua vida. Isso quer dizer que uma pessoa que se dedica um pouquinho para cada coisa, consegue se sentir mais completo, ainda que vá mais devagar que alguém que se dedica integralmente à apenas uma ou duas esferas da vida. 

 

Sugestões para Plano de Ação

 

Feito esta tarefa, é hora de fazer algumas listas. Pontue 5 ou 10 pequenas tarefas que vão melhorar aquelas esferas que não estão tendo atenção nos últimos tempos. As mesmas perguntinhas acima ajudam você a descobrir o que precisa melhorar. 

 

 

 

 

 

Assine Nossa Newsletter:

1 Comment

  • Oi, Mara, quando tinha menos idade, eu , no ultimo dia do ano, sempre escrevia uma carta de agradecimento pelas coisas que conseguia realizar e falava de novos planos e desejos para o ano que viria.

Leave a Comment