Please assign a menu to the primary menu location under menu

Cuidados da CasaDecoraçãoDestaque HomeOrganização

Confira sete passos para decorar a casa

IMAGEM 7

Mesmo quem é apaixonado por decoração já enfrentou o desafio de comprar a mobília, escolher a tinta da parede e decorar a casa e encontrou dificuldades em fazer com tudo realmente combine. Com tantas referências, ideias e sugestões pela internet, fica difícil colocar tudo em prática.

Por isso, nós do Blog Mara decidimos montar um passo a passo com dicas do que é importante você levar em consideração antes de decorar um ambiente. Mas, se a sua dúvida é contratar ou não um profissional para te ajudar a resposta é: depende. Se você vai fazer uma reforma é importante ter uma orientação de um arquiteto ou designer de interiores, já que pode ser necessária a autorização da prefeitura. No caso de prédios é fundamental consultar o síndico que vai te dizer se uma parede pode ou não ser quebrada, se pode haver sobrecarga na laje e assim por diante. Existem profissionais que fazem o projeto 3D e te mandam para executar, o que pode baratear ainda mais o resultado final.

E se você vai apenas decorar e quer colocar a mão na massa, as dicas a seguir vão te ajudar e muito. Pesquise bastante, busque referências e procure formas de economizar. Com tanto passo a passo hoje em dia, você pode às vezes economizar um dinheiro fazendo seu próprio porta-retrato, imprimindo imagens na internet e comprando a moldura para ter seu próprio quadro e assim por diante.

Leve em consideração a direção

Você sabe para qual posição está direcionado o ambiente que você deseja decorar? Se você não tem ideia se a face é norte, sul, leste ou oeste, é importante entender antes de começar a colocar a mão na massa. E por qual razão isso faz diferença? Ter essa informação é a chance de tirar o melhor proveito do espaço.

Geralmente os ambientes com face sul recebem menos luz e menos sol, por isso em regiões muito quentes esses são os locais mais fresquinhos. Já os com face norte são os que recebem mais luz do sol e isso significa que ali as chances de esquentar são grandes. Os virados para a face leste recebem mais luz de manhã e menos a tarde. E, por fim, os dispostos para a face oeste recebem mais luz a tarde e menos de manhã.

Para quem não tem essa informação existem aplicativos que disponibilizam essa informação com uma pequena bússula. Tanto o OZ Sun Seeker, quanto o Sun Surveyor são gratuitos e podem te ajudar nesta missão. Depois de descobrir qual é a face é a hora de partir para a próxima etapa.

Defina o orçamento

Evite surpresas! Tenha uma planilha com o quanto você pode e planeja gastar. Organizar o seu dinheiro e o que você pretende gastar podem te ajudar a evitar surpresas desagradáveis. Uma ótima dica é reservar uma parte para os eventuais imprevistos. Isso ajuda a diminuir os desgastes por ter que gastar algo que não estava planejado.

Escolha um estilo

Agora é a hora de você deixar os seus gostos falarem mais alto. Busque ao máximo possíveis referências que te ajudam a entender qual é o seu objetivo final. Veja se você prefere um estilo mais clássico ou moderno. Rústico, contemporâneo ou escandinavo? Sites como Pinterest, Google ou até mesmo revistas de decoração podem te direcionar se você não tiver um ponto de partida.

Você também pode montar um caderno ou uma pasta e ir guardando tudo o que te inspira. Sabe aquela foto de paisagem que você tirou nas férias? Pode ser um quadro de destaque lá na sala. Ou aquele tecido guardado por bastante tempo no fundo do armário? Pode ser uma capa para a almofada. Viu como tudo pode ser uma referência? Basta usar a criatividade.

Tamanho do espaço

Tire as medidas. Não tem nada mais frustrante que adquirir um móvel com tamanhos errados, comprar a quantidade de tinta errada, ver que tem mais revestimento que o necessário e assim por diante. Portanto meça tudo e tenha o orçamento planejado! Desenhe, faça conta de cada centímetro e não deixe passar nada.

Agora quer mais facilidade? O aplicativo RoomScan pode te ajudar. Basta encostar o celular na parede que ele identifica as medidas e já faz a simulação de uma planta baixa. Simples assim!

Paleta de cores

As cores têm um impacto fundamental no resultado final. É importante pensar qual é o seu objetivo naquele espaço: é uma sala de estar para assistir filmes de forma confortável ou é uma cozinha para receber a família inteira? Cada cor pode estimular um sentido e trazer uma sensação de estímulo. Você pode escolher uma ou duas cores como base e complementar o restante.

Nós aqui do Blog Mara já te demos a dica do site Adobe Color, que monta paleta de cores e deixa tudo prontinho para você. Mas não adianta definir a paleta se a cor corre o risco de não ficar muito boa no espaço. Então a nossa dica é utilizar aplicativos das próprias fabricantes (por exemplo, Suvinil, Coral e outras), que permitem que você aponte o celular para a parede e simule como vai ficar o resultado final.

Escolha os móveis

Depois de ter o estilo, as medidas e as cores definidas chegou a hora de escolher os móveis. O conforto é sempre importante, mas se a sala não comporta um sofá com quatro lugares avalie qual é a melhor opção sem prejudicar a circulação. Se você recebe bastante gente em casa e quer ter mais lugar disponível, priorize assentos extras que não ocupam espaço, que podem ser guardados na área de serviço ou em móveis versáteis. Aqui vale uma mesa lateral que pode também ser um assento ou uma dupla de pufes menores.

Existem alguns sites que você pode desenhar um projeto 3D e verificar se os móveis vão ficar bons mesmo no cômodo e se as medidas estão de acordo. O Sweet Home 3D, por exemplo, permite que você recrie e simule o ambiente que você está decorando. Mesmo que você não encontre um móvel exatamente igual ao que você pretende colocar no local, busque um que tenha medidas semelhantes. Assim fica mais fácil de visualizar o resultado final.

Dica: para ter uma circulação privilegiada procure sempre manter 60 cm de espaço para as áreas de passagem. Se o quarto é pequeno, não adianta comprar a maior cama disponível no mercado e não ter como andar pelo dormitório.

Defina os detalhes

Essa é a hora de finalizar a decoração. Almofadas, porta-retratos, pôsteres, luminárias e tudo que poderá trazer a sensação de conforto do espaço bem decorado. Seja criativo: um pote de vidro de mantimento lá da cozinha pode se tornar em um vaso para as flores no centro da mesa.

E você? Já teve dificuldades para combinar a decoração da casa? Conta para a gente aqui embaixo a sua experiência!

2 Comments

Leave a Comment