Please assign a menu to the primary menu location under menu

Destaque HomeEstilo de Vida

Conheça as vantagens e desvantagens dos Apartamentos térreos

apartamento_garden8

Os brasileiros sonham em viver nas alturas! Ao procurar apartamentos para alugar, a maioria prefere os andares mais altos.

Eles são, consequentemente, os mais valorizados. Não há nada de estranho no aluguel de um imóvel ser mais caro no décimo andar do que no primeiro em um mesmo edifício.

Ao se comprar apartamentos, essa preferência se intensifica. Afinal, se aluguel é algo de caráter transitório, a compra é definitiva, além de ser um investimento. Nada mais natural que preferir um imóvel mais valorizado – logo, mais alto.

Quer uma prova disso? Observe como as coberturas são desejadas! Muitas vezes, seu valor por metro quadrado ultrapassa o de todas as outras unidades do mesmo edifício.

Contudo, nem todo mundo que está em busca de apartamentos à venda ou para alugar pode investir o valor exigido para viver em um imóvel alto. Quem tem o orçamento restrito geralmente se volta às peças em andares mais baixos, ou, até mesmo, no térreo. Mesmo menos cobiçados, eles também têm suas vantagens – bem como desvantagens, assim como qualquer outro imóvel.

Se você está em meio à procura por seu novo lar, continue lendo! Aqui você vai aprender sobre as vantagens e desvantagens dos apartamentos térreos, para decidir se eles são o que você procura. Confira:

 Comprar apartamentos térreos costuma ser mais barato

Os andares altos geralmente têm imóveis mais caros (Foto: Unsplash).

 

Vista, menos barulho e mais privacidade. Esses fatores pesam muito a favor dos apartamentos em andares mais altos.

Por esse motivo, em prédios mais antigos, eles costumam ser os mais valorizados e desejados.  Os corretores de imóveis apontam que, quando todas as unidades são iguais, a que está localizada no térreo geralmente tem um preço entre 25 e 35% menor que as que ficam nos pavimentos mais altos.

Deste modo, se você não tem muito dinheiro para investir, mas quer realizar o sonho da casa própria, os apartamentos térreos são a melhor opção.

O mesmo acontece na modalidade aluguel: jovens casais e estudantes são bons exemplos de quem pode se beneficiar de um aluguel mais em conta.

Contudo, nos empreendimentos mais modernos, a lógica pode se inverter, como veremos mais adiante.

 Apartamentos à venda em andares mais baixos são mais frescos

Você lembra das aulas de física da escola? A gente sim! Recapitulando: enquanto o ar frio, mais denso, desce, o ar quente tende a subir.

Por esta razão, os apartamentos térreos tendem a ser mais frescos que os de andares altos, o que é uma grande vantagem se você vive em um local quente. Outro fator que colabora para isso é a menor incidência solar.

Só que isso é uma faca de dois gumes: se você vive em uma região tipicamente gelada, isso pode ser um problema.

 Apartamentos térreos podem contar com um pequeno jardim

O conceito de apartment garden tem ganhado muita popularidade (Foto: Unsplash).

 

No início do texto, comentamos que, hoje, a lógica de que quanto mais alto é o apartamento mais valorizado ele é começa a se inverter. Isso acontece porque as construtoras abraçaram o conceito de apartment garden.

Como o próprio nome diz, são apartamentos que têm um pequeno quintal, muito semelhante ao de uma casa. Nele, os moradores podem ter churrasqueira, piscina, ou uma área de lazer.

É um imóvel muito procurado por famílias com filhos pequenos ou animais de estimação, que podem usufruir muito do jardim.

Contudo, esse tipo de imóvel rompe o paradigma de apartamento térreo desvalorizado: o jardim empurra seu preço para cima, que pode até ser maior do que o dos andares altos. A diferença de valor, segundo corretores de imóveis, pode chegar a 5%.

Entretanto, muitas vezes a metragem do imóvel é reduzida para dar lugar ao jardim. Pense no que é prioridade para você: uma área ao ar livre ou um apartamento maior?

 Viver no térreo é melhor para pessoas com problemas de locomoção

Nos empreendimentos do projeto Minha Casa Minha Vida, os condomínios verticais sempre têm apartamentos térreos. Eles são reservados preferencialmente para famílias com idosos ou pessoas com dificuldade de locomoção.

É por isso que esses imóveis são muito buscados por pessoas com essas características. Isso permite que elas se locomovam e vivam de maneira mais independente. É algo bem lógico: quem vive no térreo não tem que usar o elevador, muito menos encarar vários lances de escada quando há falta de eletricidade.

 Apartamentos térreos costumam ser mais barulhentos

A proximidade com o trânsito é a principal vilã nos apartamentos térreos (Foto: Unsplash).

 

A proximidade com a rua pode trazer mais facilidade de acesso, mas, por outro lado, traz outro problema: o barulho.

Um dos motivos que empurra o valor de imóveis altos para cima é o fato de que eles estão distantes das principais fontes de barulho, principalmente nas grandes cidades. Já em um apartamento térreo, você está próximo a todas elas!

Algumas dicas para observar se isso será um empecilho para você são:

  • Perguntar ao corretor se há algum tipo de material isolante acústico nas janelas e nas paredes.
  • Visitar o imóvel em períodos diferentes do dia. O trânsito é um dos principais vilões do barulho, e visitar o local em diferentes horários permite que você observe se o maior fluxo de veículos é um problema.
  • Pense se algum dos moradores tem sono leve. Se tiver, pode ser melhor investir um pouco mais e se mudar para um imóvel mais alto.

A privacidade do morador pode ser prejudicada

O ruído não é a única desvantagem trazida pela proximidade com a rua dos apartamentos térreos: dependendo do estilo do prédio, o morador pode ter uma diminuição significativa de privacidade.

Em imóveis da modalidade apartment garden isso não acontece, já que as janelas dão para uma área frequentada pelos próprios moradores.

Nos demais, é preciso ficar atento a isso. Se as janelas ficarem voltadas para a frente do prédio e não houver nada que bloqueie a visão do que acontece do lado de dentro, isso pode causar algum desconforto. O mesmo acontece caso elas sejam voltadas a áreas comuns do condomínio.

Pouco a pouco, a ideia que temos dos apartamentos térreos tende a mudar. Se antes eles eram a unidade mais desvalorizada do condomínio, hoje, o conceito de apartment garden faz com que eles se tornem mais valiosos e cobiçados. Pese os prós e os contras pra saber se vale a pena investir!

 

Leave a Comment